sábado, 25 de agosto de 2012

Programa de bolsas de estudo oferece vagas para educação a distância no Ceará - Há vagas para Juazeiro

A expansão do ensino a distância (EAD) mudou o cenário educacional do Brasil e hoje, cerca de 2 milhões de pessoas integram a modalidade, de acordo com a Associação Brasileira de Educação a Distância (Abed). Para contribuir com esse crescimento, o Educa Mais Brasil, maior programa de incentivo educacional do país, está oferecendo no segundo semestre deste ano mais de 750 bolsas de estudo de 50% para cursos de pós-graduação EAD no Ceará.
A possibilidade de acesso a informação de qualquer lugar, a redução dos custos e a flexibilidade do horário são os fatores mais importantes para a escolha do ensino à distância. O acúmulo de tarefas no dia a dia, ponto que era determinante para a não realização do sonho de cursar uma graduação ou pós-graduação, deixou de ser um obstáculo. Segundo Andréia Torres, Diretora de Expansão e Relacionamento do Educa Mais Brasil, “o objetivo ao disponibilizar as bolsas de estudo em EAD é acompanhar a mudança do cenário educacional beneficiando mais pessoas que desejam ter uma carreira e posteriormente consolidá-la”.
As inscrições para concorrer a uma das vagas são gratuitas e devem ser realizadas através do site www.educamaisbrasil.com.br, quando o candidato poderá escolher entre os cursos e as instituições de ensino parceiras. Mais informações podem ser adquiridas também com a central de atendimento no telefone 0800 724 7202.

Um comentário:

IDERVAL TENÓRIO disse...

SOU PELA FEDERALIZAÇÃO DO ENSINO PRIMÁRIO PARA TODOS


A Educação de um povo é o principal pilar para o exercício da cidadania e o maior impulso para a sua plena independência .

Como alicerce e radier é o ensino primário acoplado ao ensinamento familiar ,a bandeira principal e a raiz da árvore educacional de um cidadão.

Baseado nestes princípios abordarei alguns fatos que poderão despertar o debate entre os responsáveis pela área educacional.

É sabido que no Brasil ,a Escola Primária é de responsabilidade do Município por entender que é neste território que o cidadão mora.

Acontece que este limitado e autônomo sítio é dirigido por um cidadão chamado Prefeito.Dirigente este oriundo de qualquer camada social ,viciadamente eleito por interesses de alguns seguimentos da população desde quando seja escolarizado e que tem plenos poderes de dar o destino que lhe convier a este nível educacional.
Antes de ser Paulistano,Soteropolitano, ,Juazeirense,Canudense,Piripiriense,Caxiense ou Santista o Cidadão é BRASILEIRO , não devendo sofrer qualquer tipo retaliação ,seja regional, financeira,religiosa,de raça,gênero sexual ou preferência política, ele tem direito por lei a um ensino básico de qualidade em qualquer recanto que viva,um ensino homogêneo em todo o território nacional. Sendo nesta fase da vida a Escolaridade Primária considerada uma atitude de Estado ,uma atitude pétrea e não de Governo.

Acredito que com esta configuração o pais em breve sairia deste pesadelo educacional e deste boom de marginalidade, fruto da pouca escolaridade e da pouca ocupação dos adolescentes em todos os níveis sociais.

Teria o pais uma conduta equânime ,cada cidadão teria direito à mesma carga de ensino, a verba seria pulverizada nacionalmente independente da arrecadação do município..A Escolarização Primária seria responsabilidade do Governo Federal, só assim seria assegurado a cada cidadão , as mesmas ferramentas para se enfrentar a tão concorrida vida ,dando cabo a este famigerado fosso social.

Iderval Reginaldo Tenório
Salvador Janeiro de 1996