domingo, 16 de fevereiro de 2020

DA NOSSA JUAZEIRO EM MEMÓRIA AFETIVA VISUAL




 Temos por hábito fotografar nosso Juazeiro atual. Mas, tem sido difícil reter até na memória , pois de forma veloz , você passa num determinado trecho urbano e muito rapidamente aquela realidade se transforma. Juazeiro conta muitas histórias e cabe a nós entender e contribuir com todo esse processo de desenvolvimento. Isso demonstra um tanto do Milagre do Padre Cicero que transformou a pequena "Taboleiro Grande" nessa Metrópole que vimos crescer todos os dias, e dentro desta roda viva, cabe-nos enquanto portal de Juazeiro, buscar imagens que falem de nós, da nossa história.
Hoje vamos agradecer ao professor Renato Casimiro que através do grupo do facebook - MEMÓRIA FOTOGRÁFICA DE JUAZEIRO DO NORTE - nos presenteia com essa imagem de nossa memória afetiva de quem vivenciou em Juazeiro desde anos 60.
CELEBRAÇÃO DO DIA DA PÁTRIA, 07.09.1965, COM A VISITA DO GOVERNADOR DO ESTADO DO CEARÁ, VIRGÍLIO TÁVORA A JUAZEIRO DO NORTE.
Foto 47: Durante o Desfile comemorativo do Dia da Pátria, imagem aérea de uma parte da cidade, correspondendo aos trechos das ruas Santa Rosa, São José, Padre Cícero e parte até quase São Pedro, entre a Matriz e Rua Santa Luzia. Juazeiro do Norte, 07.09.1965. Fonte: Foto Sales, Fortaleza-CE.
MESMA IMAGEM - MÚLTIPLOS OLHARES - Nos permitimos mostrar a imagem total e recortá- la como um quebra cabeça, proporcionando assim uma maior aproximação da visão onde poderemos encontrar casas que residimos, que conhecemos , que relembramos, até os  prédios históricos.  Bom passeio por nossa cidade aos 07 de setembro de 1965.
trecho Rua Padre Cicero  no alto a Matriz até a Praça Padre Cicero
       Rua Padre Cicero ( bangalô da família  Neri) No alto da Rua São José  
a antiga Casa do Padre Cicero hoje abrigo 
Rua São José e no alto Rua Santa Rosa onde vemos o então Grupo Escolar 
Padre Cicero esquina com Rua Leandro Bezerra 
Rua Padre Cicero esquina com Rua Santa Luzia 
Rua da Conceição . No alto Praça Padre Cicero



sábado, 15 de fevereiro de 2020

DIA DE REIS E ROMARIA - CARIRIIIÊÊÊIII - EP 3

Pai Diácono realiza cerimonia de casamento da própria filha no Ceará


Pai realiza cerimônia de casamento da própria filha no Ceará


Diácono há quase três anos, Raimundo levou sua filha Rebeca ao altar como 'pai', vestiu a batina, e realizou o rito religioso.


O casamento é um momento marcante para qualquer noivo ou noiva, mas o matrimônio de Rebeca Sampaio, de 29 anos, teve um detalhe ainda mais especial: foi celebrado pelo próprio pai, o diácono Raimundo Tarcísio Cabral. O casamento ocorreu na cidade de Milagres, no interior do Ceará, neste sábado (8).
Diácono celebra o casamento da própria filha em Milagres, no interior do Ceará — Foto: Bruno Yacub/Arquivo pessoal

O diácono entrou na igreja levou a noiva até o altar como pai, vestiu a batina e celebrou a cerimônia. Após a troca de alianças, tirou a batina e voltou a condição de patriarca da família. 
“É sempre um momento de muita emoção, da gente até achar que não tem o merecimento, que jamais sonharia um momento desse. Uma graça muito grande. Momento de louvar e agradecer a Deus”, diz Raimundo.
O fato é permitido pela Igreja Católica, porque o diácono é um título de terceiro grau da Ordem do Sacramento, abaixo de bispos e padres. Como parte do clero, estes “servos de Deus” são responsáveis trabalhos administrativos nas dioceses, mas também podem realizar cerimônias como batismo e casamento.
Em caso de solteiros e viúvos, a ordenação paralisa este estado, devendo permanecer celibatários pelo resto da vida, assim como padres. Porém muitos diáconos permanentes, como Raimundo, foram ordenados após casarem e constituir família. 
Diácono há quase três anos, Raimundo levou sua filha Rebeca ao altar como 'pai', vestiu a batina, e realizou o rito religioso. — Foto: Vinícios Diniz/Arquivo pessoal

“É sempre um momento de muita emoção, da gente até achar que não tem o merecimento, que jamais sonharia um momento desse. Uma graça muito grande. Momento de louvar e agradecer a Deus”, diz Raimundo.
O fato é permitido pela Igreja Católica, porque o diácono é um título de terceiro grau da Ordem do Sacramento, abaixo de bispos e padres. Como parte do clero, estes “servos de Deus” são responsáveis trabalhos administrativos nas dioceses, mas também podem realizar cerimônias como batismo e casamento.
Em caso de solteiros e viúvos, a ordenação paralisa este estado, devendo permanecer celibatários pelo resto da vida, assim como padres. Porém muitos diáconos permanentes, como Raimundo, foram ordenados após casarem e constituir família. 
Educadora Física, Rebeca conheceu Danilo Alvar Araújo, 32, na época da rede social Orkut, que já foi extinta. Ela nasceu em Brejo Santo e ele é natural de Barbalha. Os dois namoraram por sete anos e sete meses e, há três anos, ficaram noivos. “A emoção foi diferente, porque foi meu próprio pai que fez nosso casamento e todos os convidados estavam com uma expectativa muito grande”, admite.
A noiva não escondeu a ansiedade de percorrer a Igreja de braços dados com o pai para, em seguida, encontrá-lo no altar. “Foi muito marcante, pois, ele me entregou ao noivo e foi se vestir para celebrar o casamento. Aquele momento ficou marcado para o resto da minha vida. Momento inesquecível”, define Rebeca.

Trajetória

Nascido em uma família cristã, Raimundo se afastou da Igreja Católica na juventude e passou a frequentar igrejas evangélicas. Só voltou à religião aos 34 anos, quando era espírita kardecista, e já tinha dez anos de casado. No grupo do Encontro de Casais com Cristo (ECC), se reconciliou com a doutrina. “Foi minha conversão”, lembra.
De volta à Igreja Católica, começou a fazer parte das pastorais, fazendo trabalho missionário em Brejo Santo. “Aí fui convidado para ser ministro da eucaristia pelo monsenhor Dermival Gondim. Com algum tempo, me convidou para ser diácono permanente, mas não estava preparado”, lembra. Dez anos depois, recebeu o mesmo convite e entrou no Seminário São José, em Crato. “Já estava consciente de minha missão”, acredita.
Após seis anos de seminário, Raimundo foi ordenado no dia 23 de abril de 2017. De lá para cá, já realizou casamentos e batizados em Brejo Santo. Casado há 39 anos com Goreth Cruz Cabral, é pai de três filhos, sendo Rebeca a caçula. “Tive a graça de realizar esse casamento”, finaliza. 
fonte : materia publicada site G1
Por Antonio Rodrigues, G1 CE



sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Professora de Pombal desaparecida ha 08 dias em Juazeiro do Norte



Após oito dias a família da professora  aposentada Terezinha da Silva Almeida, “Tetê” de 77 anos (foto), continua na busca por informações. 




Tetê está desaparecida desde a última quarta feira , (29/01/2020), quando foi vista no bairro São Miguel, em Juazeiro do Norte, no estado do Ceará.

Segundo informações  da família a mesma tinha vindo a Juazeiro realizar uma consulta, saindo à rua, sendo flagrada por câmeras próxima ao local onde estava, desaparecendo em seguida. 

O problema é que o período em que seu desaparecimento ocorreu, coincide com a época de grande romaria na cidade e podemos cogitar que talvez , como a família e a policia  não mediram esforços na busca  procurando-a na nossa cidade, e não lograram êxito, existe uma remota, remota, mas possível probabilidade de que ela possa estar em outra cidade, pois, como se viu perdida , a possibilidade de ter dito onde morava e os irmãos romeiros que são muito receptivos e se ajudam nas suas necessidades, terem acolhido e a levado. Essa é uma hipótese que não deve ser descartada, pois quem  trabalha em romaria já viu essa ajuda acontecer várias vezes.
Pedimos a todos que tenham grupos na mídia social nos estados vizinhos do nosso Nordeste  , que compartilhem os contatos da família . 


Caso alguém a encontre, deve ligar para os seguintes telefones: (83) 9 9687 5787 (Inês, irmã da desaparecida), (84) 9 9610 8945 (João, amigo da família) ou para a Polícia Militar através do 190.
fotos das mídias sociais 

Campanha: DENUNCIAR A VIOLENCIA É PROTEGER A VIDA DAS MULHERES


Hoje na Rotatória do Triangulo houve uma força tarefa com a realização de uma blitz onde  Governo do Estado do Ceará, Secretaria  Executiva de Políticas para as Mulheres , Secretaria de Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos, Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, Delegacia Policia Civil, OAB Mulher,  Policia Rodoviaria  , Demutran, Camara Municipal, Secretaria Segurança Publica- Projeto Maria da Penha, SEDEST, Projeto das Marias, CRM Juazeiro e Crato , entre outros , onde todos juntos , abordaram os motoristas e motoqueiros com panfletagem e adesivagem na campanha : Denunciar a Violência é Proteger a Vida das Mulheres ligue 180 - ligue 153

 O evento se constituiu de três dias, sendo realizado na quarta feira em Juazeiro na Praça da Prefeitura com ônibus e serviço de atendimentos psicossocial as mulheres com promotores , advogados assistentes sociais e psicólogos além de uma gama de serviços prestados pelos equipamentos locais. Em Crato aconteceu na quinta feira também em praça pública e em Barbalha hoje a tarde favorecendo assim o atendimento nas três cidades do triangulo Crajubar .





Vivenciamos um contexto de violência contra a mulher no Cariri que podemos taxar de  aterrorizador. Não há mais desculpas para dizer que é a roupa , que foi provocado, que "ela bebeu". Estão invadindo as casas e tirando vidas das nossas mulheres. Mulheres mães, filhas, irmãs , companheiras de trabalho, mulheres famosas, mulheres anônimas, ...MULHERES. 

Morrem pelo simples fato de dizer " não quero mais. Não aceito mais. Não Fico mais para ser maltratada , pisoteada, agredida física e psicologicamente". Continuam nos dizendo: E não é por você homem. Aquele em quem acreditei, que entreguei não só meu corpo, mas meu coração, meus sonhos , meus sentimentos. e por vezes rompi com os outros, com a família, com os amigos que tentaram me alertar sobre esse relacionamento abusivo que só eu não enxergava. 

É por mim! É por nossos filhos. é por minha dignidade , ou o que restou dela. Não quero que sinta pena. Quero que me escute e não me condene. Não sou culpada como você quer me fazer crer todos os dias, quando não consigo mais estar plenamente "produzida " 24 horas e com disposição para todo o amor. Amor?  Não estou "louca" quando enxergo sinais nas sutilezas de comportamento do dia a dia.

 Preciso apenas prosseguir. Quero e desejo acreditar que possuo forças e determinação pra me reencontrar. Que lá fora, saindo de toda essa escuridão,  talvez consiga respirar e reencontrar a mulher de quem me perdi. Somos muitas Marias perdidas não sem esperanças, mas, sem muitas ilusões.

 Acredito que posso caminhar , me restaurar, me nutrir da fé, encontrar serviços que trabalhem no enfrentamento dessa cruel realidade e que assim eu não seja mais uma vítima. eu não seja mais uma manchete no jornal. Assim acredito. assim caminho , assim busco outras Marias e assim creio, ninguém solta a mão de ninguém.

Esse não é um depoimento . É a soma da nossa escuta especializada, onde se apura, depura, intervém. É essa a realidade nos órgãos de saúde, nas delegacias das mulheres, nos CRMs. no NUDEM , Patrulha Maria da Penha , entre outros. Nesse cotidiano profissional não há vaidades pelo crescimento desses números, pelo contrário, trabalhamos e nos unimos para diminuir. Essa é uma luta de todos e todas nós. empreendamos esforços por  uma sociedade mais justa e mais saudável nas suas relações.



Nesse movimento estiveram presentes a secretaria executiva de Politicas para as Mulheres do Estado Dra. Denise , a Delegada da DDM  Dra. Débora Gurgel, Delegada da DDM Crato Camila Brito, Ivoneide Antunes Secretária de Segurança Publica , equipe e Patrulha Maria da Penha,  e Sandoval Barreto Secretário SEDEST , equipe do CRM - Projeto das Marias,  Dra Derineide OAB Mulher, Vereadora Auricélia, Aurineide CRM Crato, entre vários outros parcerias que se encontravam apoiando o evento de suma importância pela bandeira que levam. Diga Não a Violência contra a Mulher ligue 180 ou 153 . Vamos tornar nosso Cariri mais justo.

contatos: pautiliaferrazararuna@gmail.com

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Anunciado reforma e revitalização do Mercado José Teófilo Machado ( Mercado Senhora Santana)





Projeto mostra modernização do Mercado Senhora Santana em Juazeiro do Norte


(fotos divulgação)


Foi anunciado, no último dia 30 de janeiro, a tão esperada obra de reforma e revitalização do Mercado José Teófilo Machado (Mercado Senhora Santana), no centro de Juazeiro do Norte. O equipamento, que deve receber orçamento de R$ 4 milhões para a obra, abrange a instalação de aparelhos de ar-condicionado no local até a criação de uma praça na área externa, com espaços destinados à alimentação, além da comercialização de produtos diversos.
Conforme cronograma informado pelo prefeito Arnon Bezerra, foi lançado Edital para a empresa que deve realizar as obras de reforma, assim como o comunicado oficial aos permissionários do local sobre a revitalização e também a realocação do espaço das lojas, boxes e quiosques do atual mercado.

Um projeto de como deve ficar a estrutura foi divulgado por Arnon, e contempla como deve ficar a estrutura do mercado após as obras.
fonte:  Badalo.com.br