terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

O triste fim do Cine Eldorado

Este é o fim, por sinal muito triste, do Cine Eldorado: de casa de projeção cinematográfica abriga hoje um estacionamento rotativo, como mostra a foto que nos foi enviada pelo nosso colaborador, Dr. Paulo Leonardo Celestino Oliveira. O velho, querido e saudoso Cine Eldorado viveu grandes momentos de glória, de casa cheia, superlotada, em alguns dias com cinco sessões quando exibia filmes de sucesso. Até a chegada da televisão (que afastou muita gente dos cinemas) ele triunfou, especialmente nas décadas de 60  e 70. Mudou de endereço, ganhou uma sede bonita, ampla e confortável, mudou de dono (saiu dos irmãos Otacílio e José Almeida para o dono atual Expedito Costa), agonizou seus últimos dias exibindo filmes pornôs até se extinguir por completo devido à falta de público. Agora, em vez de cadeiras e tela seu prédio espaçoso abriga carros com estacionamento rotativo a 2 reais a hora. Mas por uma questão de justiça, o momento é de ressaltar o esforço que seu proprietário, Expedito Costa, fez para que este fim nunca chegasse ou demorasse a chegar. Eu acompanhei de perto este esforço. Ele tentou transformar o prédio num teatro, mas não conseguiu apoio. Ultimamente se empolgou com um projeto do Governo que pretendia transformar o local num centro cultural. Um projeto foi até elaborado... e deu em nada. Então, desanimado, Expedito não encontrou outra solução a não ser ocupar o prédio para um dos mais rentáveis negócios do Juazeiro atual, que é o de estacionamento de veículos. E assim, a cidade perdeu seu mais longevo cinema. O Cine Eldorado  NÃO EXISTE MAIS. Uma pena!   

4 comentários:

José Leite disse...

MEU QUERIDO CINE ELDORADO DA RUA SANTA LUZIA JAMAIS TE ESQUECEREI.
Quando saia de uma sessão dando risada depois de assistir um filme com OSCARITO e GRANDE OTELO ou quando saia com lágrimas nos olhos depois de assistir "A PAIXÃO DE CRISTO" num dia de sexta feira santa.

Daniel Walker disse...

Mensagem: hoje moro no Rio de Janeiro, mas jamais esquecerei meu querido Juazeiro, morei na rua são joaquim 75
Cícero Marcos

Anônimo disse...

Muito triste saber que o CINE ELDORADO fechou definitivamente suas portas,tenho em minha lembranças aqeles sabados em que eu ia com vário amigos assistir filmes como os trapalhoes e super man e muitos outros...maior tristeza e saber que meu avô muito pouco é lembrado pois ele sim foi o grande pioneiro no ramo e idealisador do cinema.Otácilio Almeida de Menezes.

ACESSORIOS DANÇA DO VENTRE disse...

Lembranças do Cine Eldorado são lembranças maravilhosas dos meus tios Otacilio Almeida e José Almeida. Eu e primos tivemos boa parte de nossa infância nas suas dependências antes na Rua Santa Luzia e após com uma magnífica inauguração nesse endereço hoje estacionamento. Saudades de uma parte da minha vida e dos ao meus familiares hoje esquecidos.