sexta-feira, 25 de abril de 2014

Sebo de Chico Garcia saiu da Praça Padre Cícero

O conhecido sebo de Chico Garcia (Francisco Pereira da Silva) não está mais funcionando na Praça Padre Cícero, local onde esteve por várias décadas. Por questões de saúde, Garcia preferiu transferi-lo  para sua residência, na Rua do Rosário, 717 (perto da Escola Municipal José Geraldo da Cruz), telefone de contato 8868 4979, onde  ele instalou seu grande acervo de livros, revistas, DVD, CD e disco de vinil usados estando à disposição de sua fiel clientela. O sebo de Garcia era muito procurado pelos turistas, intelectuais e pessoas que gostam de livros raros. Lá todos os dias se reunia um seleto grupo de leitores para um proveitoso bate-papo literário e isto certamente vai deixar saudades. Mas Chico, por causa do peso da idade e das suas condições físicas, estava tendo problemas de saúde devido a localização do sebo, por causa da poeira, barulho, tráfego intenso de automóveis, calor dentro  da banca que tem estrutura metálica e também a distância entre a banca e sua residência. A Praça Padre Cícero perde, portanto, um conhecido ponto de referência literária cujo espaço cedeu lugar a uma lanchonete, conforme pode ser visto na foto abaixo. Desejamos a Chico sucesso em seu novo endereço.
 Chico em sua banca na Praça Padre Cícero e a lanchonete que agora funciona no local
Garcia em sua residência onde agora funciona seu sebo


2 comentários:

Lázaro Omena disse...

Puxa vida! Fiquei triste ao ver a extinção repentina do ponto literário que eu tanto frequentava, mas agora respiro aliviado e satisfeito por saber que continua em atividade. Desejo ao Seu Chico Garcia vida longa e próspera, bem coo ao seu empreendimento.

Roberto Cruz disse...

Também fiquei triste com a saída do sebo. Poxa vida, quando criança, tantas vezes foi à banca do Seu Chico para comprar minhas revistinhas da Disney, da Turma da Mônica, as revistas do Conan, do Superman e os incríveis Manuais da Disney, do Detetive e do Espião. Era atendido pelo Seu Chico, sempre tão simpático e amigo. Depois, já adulto, passei a comprar os livros raros que ele começou a vender. Sempre podia desfrutar de conversa interessante, agradável e bem humorada com o Seu Chico, pois ele sempre foi um cara muito culto e muito bem informado sobre tudo. O melhor é que o sebo não deixou de existir, foi apenas transferido para a casa do Seu Chico. Que Deus o abençoe, ilumine e proteja. Desejo melhoras na saúde e muito sucesso no seu novo point de livros.