segunda-feira, 18 de março de 2013

Juazeiro ajudou a eleger 8 deputados estaduais

 

Quem pensou que Juazeiro elegeu no pleito passado apenas a deputada estadual Ana Paula Cruz, se enganou. Na realidade, o município de Juazeiro do Norte serviu de base eleitoral para eleger mais 7 deputados cujas fotos são mostradas acima, extraídas da revista Plenário, editada pela Assembléia Legislativa do Ceará, em sua edição mais recente. Os próprios deputados citam o nome deste município como sendo uma das suas bases eleitorais, conforme está na publicação. Sendo assim, o município juazeirense tem uma grande bancada na Assembleia Legislativa do Estado. Se o eleitorado juazeirense votou neles conscientemente, pode cobrar benefícios para este município. Com uma bancada desse tamanho, Juazeiro está feito!

Um comentário:

IDERVAL TENÓRIO disse...

Nas capitais e em todo o interior do Brasil começou o desmonte da máquina administrativa, começou a dança dos cargos, teve inicio a caça aos pseudos opositores . Digo pseudos , uma vez que na política tudo pode acontecer, aqueles que se encontram de um lado hoje , amanhã poderão mudar.


O que se vê é o desmantelamento de todos os departamentos, hospitais, secretarias , escolas e tudo que tem ligação com a nova administração.


As pessoas amigas ficam inimigas, as famílias se esfacelam, os vizinhos se olham com desdém, os colegas de trabalho se degladeiam com a ciranda dos cargos, os conchavos pecuniários e os leilões dos cargos se concretizam pós pleito, é o famigaredo acerto de contas . Os articuladores, os cabeças ganhadores e perdedores continuam no mesmo diapasão, juntos para uma nova jornada.


No decorrer da administração haverá uma mistura de todos num só bloco, os vencedores e os perdedores se mesclam para o bem da classe política . Para o próximo pleito, novos conchavos, novas adesões e tudo continua como céu de brigadeiro. Entre eles, tudo permanece limpo, sem mágoas, sem nódoas e sem rancor. Isto faz parte do politicamente correto.


Em todas as eleições tem que ter um vencedor, apenas um assume o cargo majoritário, depois do pleito tudo se ajusta, é questão de tempo.


Ao povo cabe apenas votar hierarquicamente .
Vota no seu irmão, no seu primo, no seu cabo eleitoral, no seu vizinho, no seu colega, no seu pároco, no seu patrão, no seu médico, naquele que lhes prestou um serviço constitucional como se fosse um favor , aquele serviço que o povo já teria direito como: aposentadoria, assistência médica, a matricula na escola, um bolsa escola, um bolsa família , um bolsa alimentação ou um outro tipo de benefício. O povo vota e não sabe em quem está votando, vota no nome, apenas no nome daquele indicado pelos seus favorecedores, que também mais tardes serão favorecidos pelos cabeças de chapa. Nesta batalha todos os participantes da cúpula saem ganhando, perde o povo , a constituição e cidadania.


Brasileiros pensem no que foi escrito .


Iderval Reginaldo Tenório