segunda-feira, 25 de junho de 2012

Visitamos a Praça Padre Cícero em Cajazeiras

Recentemente divulgamos neste Portal notícia sobre a inauguração da Praça Padre Cícero, no Bairro Capoeiras, na cidade de Cajazeiras, PB. O evento ocorreu no dia 20 de maio passado e não contou com a presença de nenhuma autoridade juazeirense. Como a homenagem é muito significativa, o editor do Portal de Juazeiro resolveu ir àquela cidade paraibana para conhecer in loco a praça. E foi uma surpresa agradável, pois ela é realmente muito bonita, uma obra pública de construção esmerada, com bancos confortáveis, painéis gigantes, belos jardins e excelente iluminação, sem dúvida, bem à altura do homenageado que é muito querido lá. É impossível passar pelo local sem parar para admirar. Durante o tempo em que estivemos lá para captar imagens, tivemos oportunidade de observar que muitas pessoas paravam, faziam o sinal da cruz e lançavam um olhar contemplativo à estátua de Padre Cícero em tamanho natural. Os painéis gigantes chamam logo a atenção de quem passa. Realmente, uma praça linda!
Aproveitamos o ensejo para descobrir o verdadeiro sentido da homenagem, e quem nos contou foi a senhora Maria Aparecida Pinto Brás, popularmente conhecida como Cida e ultimamente mais conhecida como Cida da Praça Padre Cícero, como ela orgulhosamente gosta de se apresentar.

História
Antes da atual praça existia apenas um nicho do Padre Cícero, na verdade, uma réplica do que existe em Juazeiro, em frente à Capela do Socorro. Sua construção foi feita na administração (1969-1973) do prefeito Epitácio Leite Rolim, em atendimento ao pedido de uma devota, Dona Laurinete, devido a uma graça alcançada por intercessão do Padre Cícero. Com o passar do tempo a pequena pracinha na qual se situava o nicho do Padre Cícero passou a ser alvo de ação de vândalos que arrombaram o cofre do Padre Cícero, quebraram o vidro do nicho e os poucos bancos que existiam. O local ficou algum tempo desprezado por falta de vigilância e atenção do poder público. Isso incomodou bastante os devotos do Padre Cícero ali residentes, principalmente Cida, que mora em frente à praça, onde é dona do Bazar do Padre Cícero. Nesse bazar existe uma grande variedade de artigos sobre Padre Cícero, alguns dos quais confeccionados em Cajazeiras, como, camisa, boné, calendário etc. Cida resolveu, então, assumir o compromisso de restaurar o local e passou a sensibilizar a população realizando eventos para angariar fundos e outros de caráter mais religioso em honra do fundador de nossa cidade. Em Cajazeiras são celebradas todas as datas ligadas à vida do Padre Cícero, tais como 24 de março e o dia 20 de cada mês, assim como ocorre em Juazeiro do Norte. Os fieis e admiradores participam da reza do terço e de missas, tudo sob a competente organização de Cida da Praça do Padre Cícero. Ela tem inclusive um programa semanal (aos sábados) na Rádio Oeste da Paraíba no qual além de serviços de evangelização faz uma boa divulgação do Padre Cícero. Aproveitamos a oportunidade e participamos do programa ao vivo, concedendo entrevista à apresentadora.
Cida não desistia do seu sonho de ver a Praça do Padre Cícero restaurada. Falou com o prefeito eleito, Sr. Léo Abreu, e este lhe pediu que fizesse um projeto. De posse do projeto, o prefeito partiu em busca dos recursos. Mas antes de terminar o mandato, ele renunciou (foi aprovado em concurso para a Polícia Federal), assumindo o vice-prefeito, Carlos Rafael, que prometeu honrar o compromisso assumido pelo seu antecessor. E agiu rápido. Em viagem a Brasília pediu apoio ao deputado federal Luiz Couto que através de uma emenda parlamentar conseguiu alocar recursos no valor de 110 mil reais para a restauração da Praça Padre Cícero, a qual foi inaugurada solenemente em meio a uma grande festa popular.
Cida é uma batalhadora incansável em prol da causa do Padre Cícero. Distribui souvenires com a estampa de Padre Cícero, dirige a reza do terço, faz divulgação no seu programa radiofônico, organiza viagem de peregrinos a Juazeiro do Norte e ultimamente está engajada na campanha que recolhe assinaturas em favor da canonização do Santo dos Nordestinos. Essa mulher não é somente uma grande devota do Padre Cícero, mas também uma grande guerreira! Merece a gratidão de Juazeiro.
A Praça vista em vários ângulos

Os prefeitos Epitácio Leite, Léo Abreu e Carlos Rafael e o deputado Luiz Couto
Projeto da Praça e cópia do convite que Cida fazia para angariar fundos para concretização do projeto da praça.
O nicho que foi construído no local onde hoje está a Praça do Padre Cícero em Cajazeiras. Note a semelhança com  o que existe em Juazeiro, em frente à  Capela do Socorro, foto  da direita. Esta foto é do nicho original, pintado de azul,pois o atual é branco.
Cida em três momentos: em seu bazar; entrevistando o editor do Portal de Juazeiro na Rádio Oeste da Paraíba e dirigindo o Terço.
O Bazar de Padre Cícero


Algumas das inúmeras homenagens prestadas ao Padre Cícero em Cajazeiras.

Colégio Padre Rolim, em Cajazeiras, onde Cícero Romão Batista estudou antes de ir para o Seminário.


Um comentário:

Dr. Paulo Leonardo Celestino disse...

Brilhante artigo professor. O carinho dos nordestinos pelo Pe. Cícero é genuíno e tem origem na mesma simplicidade de Juazeiro do Norte. Pena que alguns não conseguem compreender e pouco prestigiam homenagens como esta! Sorte que temos grandes estudiosos para realmente valorizar e divulgar a memória do nosso padrinho.