quarta-feira, 22 de junho de 2016

FEIRÃO DE IMÓVEIS CARIRI MOVIMENTA MAIS DE R$ 21 MILHÕES EM 3 DIAS

Após três dias de evento, o 9º Feirão de Imóveis Cariri se encerrou com o cadastro e encaminhamento de aproximadamente 200 unidades habitacionais para avaliação de crédito junto à Caixa Econômica Federal, o que corresponde a cerca de R$ 21 milhões em negócios movimentados. Promovido pelo Sinduscon-CE, o evento aconteceu entre os dias 16 e 18 de junho, no Cariri Garden Shopping, em Juazeiro do Norte (CE).

Esta edição recebeu mais de 200 visitantes nos 24 estandes das 10 construtoras participantes. No total, mais de 2 mil imóveis novos, usados e na planta foram ofertados, entre terrenos, casas, apartamentos e unidades comerciais, com valores a partir de R$ 90 mil. Os interessados puderam negociar diretamente com as construtoras e ter o auxílio de financiamento dos correspondentes bancários da Caixa Econômica Federal, um dos patrocinadores do evento. Senai e Governo Federal também patrocinaram a edição. 

O foco deste ano foram os imóveis de habitação popular, cobertos pelo Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) e pelo Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), cujo teto máximo é de R$ 170 mil, segundo informou o superintende Regional da Caixa, Regino Pinho.

Para o presidente do Sinduscon-CE, André Montenegro de Holanda, o evento deste ano  representou um contraponto à crise econômica nacional. “Com proatividade e trabalho provamos que podemos traçar novas estratégias e assim definir novos rumos para o setor. A criatividade é capaz de vencer os desafios desse momento difícil”, enfatizou.

SEMINÁRIO
Entre os dias 16 e 17 de junho, paralelo ao Feirão de Imóveis Cariri, aconteceu o Seminário “Inovação para o Mercado Imobiliário do Cariri”. O evento reuniu players do setor para debater temáticas relacionadas à inovação tecnológica e normas técnicas na construção civil. O público alvo foi composto por estudantes, engenheiros, arquitetos e demais interessados no assunto. A programação abordou o tema “Inovações tecnológicas para ganho de produtividade e superação da crise: estudos de caso”, apresentado pelo presidente do Sinduscon-CE, André Montenegro de Holanda, e o Diretor Regional do Sinduscon-CE em Juazeiro do Norte, Felipe Néri Coelho. Na sexta-feira (17), foram realizadas as palestras “As normas técnicas na construção civil” e “Análise dos critérios de atendimento à Norma de Desempenho ABNT NBR 15.575”, ministradas pelo Arquiteto e membro fundador do Comitê de Tecnologia e Qualidade do Sinduscon-SP, Salvador Benevides, e o Diretor Técnico da C. Rolim Engenharia, Alexandre Mourão, respectivamente.

2 comentários:

IDERVAL REGINALDO TENÓRIO Tenorio disse...

Queria chamar a atenção dos incautos ao adquirir um imóvel, todo o cuidado é pouco, o Corretor que ganhar, o construtor se livrar de um elefante branco e o banco tem dinheiro de sobra e quer emprestar, todo o cuidado é pouco. Não se compra imóvel por impulso, não se adquire um bem pela emoção e não deve se endividar em épocas de turbulência. TODO CUIDADO É POUCO, A COMPRA DE UM IM[OVEL É COISA SÉRIA, É IGUAL A UM CASAMENTO,SE FORFINANCIADO É PELO RESTO DA VIDA.

IDERVAL REGINALDO TENÓRIO

IDERVAL REGINALDO TENÓRIO TENÓRIO disse...

Se o imóvel for financiado é pelo resto da vida.