quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Falecimento de Dona Antônia (Antônia Reginaldo da Silva)

Faleceu hoje em Juazeiro do Norte, aos 99 anos (completaria no próximo dia 18), a Sra. Antônia Reginaldo da Silva, uma das mais antigas moradoras do Bairro do Socorro de Juazeiro do Norte.  Dona Antônia, como era mais conhecida, nasceu no distrito de Cajueiro, município de Maceió, Alagoas, no dia 18 de setembro de 1914. Aos quatro anos de idade veio com toda a família para o Cariri,  residindo inicialmente em Caririaçu. Orientado pelo Padre Cícero o pai dela reuniu a família e rumou para o município de Bodocó, PE, mais precisamente na Serra do Gato, para se dedicar ao plantio de mandioca. Em 8 de setembro de 1935 ela casou com o Sr. José Miguel da Silva (já falecido), com que teve os seguintes filhos: Maria, Rosália, Odorina, João, Antônio, Vicente, José (Zuca), Iderval, Rosângela e Edival. Em 1950 o casal resolveu morar em Juazeiro do Norte, fixando residência no Bairro do Socorro, mas mantendo seus negócios do comércio de farinha de mandioca em Bodocó, tornando-se grande comerciante no ramo. Nos tempos áureos chegou a mandar para Fortaleza grandes carregamentos de mandioca, cerca de três toneladas embarcadas de trem. Dona Antônia era muito religiosa, foi filiada do  Apostolado da Oração da Matriz de Nossa Senhora das Dores, gostava de participar de renovações nas casas das amigas onde se destacava como cantora. 
Velório e Sepultamento
O corpo está sendo velado no Anjo da Guarda, onde será celebrada missa de corpo presente amanhã, quinta-feira,  às 16h, mas o sepultamento será no túmulo da família no Cemitério do Socorro, às 17h. 

Um comentário:

IDERVAL TENÓRIO-MÉDICO disse...





Amigos, existem dias tristes na vida de um cidadão, existem dias alegres, existem dias diferentes. Hoje 11 de setembro de 2013 foi um dia diferente, foi um dia muito triste, como também muito alegre.



Alegre, porque neste dia 11 de setembro de 2013 se celebra a confirmação e a comunhão definitiva e inseparável dos meus pais- José Miguel da Silva e de Antonia Reginaldo da Silva, nascidos em 1914 nos confins dos grotões dos sertões das Alagoas, casados na terra em 1935 e agora no céu ao lado de Deus neste 11 de setembro de 2013, meu pai foi primeiro e hoje partiu a minha mãe ao seu encontro, selando de uma vez por toda esta bela união para o resto dos tempos que será infinito, parabéns para os dois e para toda a nossa família.



Hoje também foi um dia muito triste porque, apesar de não sermos materialistas ,a família perde uma das mais importantes mulheres deste mundo para muitos e a mais importante para este mortal, mortal sem forças, sem atitudes, sem meios, sem possibilidades de reverter o quadro, pois, lutar contra a vontade de Deus é sacrilégio, injusto , até mesmo incompreensível e imoral.



Cabe a este simples pecador agradecer os 99 anos de vida de sua mãe, os 60 anos de convivência, de alegria e de aprendizado ao lado da mais sabia mulher de todos os tempos , sábia diante de sua pequena formação literária livresca e que continuará sendo para toda a família e para todos que tiveram a oportunidade de sua convivência, uma das mais sábias das sábias que passou pela terra, que contaminou a Serra do Araripe e o meu Juazeiro do Norte em todos os seus recantos.



Sou feliz por ser filho de Dona Antonia Reginaldo da Silva, que jamais morrerá, que continuará mais viva, mais pujante e reverberando os seus conhecimentos, dona Tonha como o sol, ou madinha Toinha como a natureza é benevolente, caridosa e imortal.



Só Deus conseguirá pagar pelo bem aqui praticado e, semeado para o bem de toda uma comunidade.



Mamãe, muito obrigado e rogue aí no céu por todos nós que ficamos na terra, peça a Deus que olhe pelo mundo, peça por todos, pelos ricos e pelos mais necessitados, pelos orgulhosos e pelos humildes , continue aí ao lado do Criador com as mesmas atitudes realizadas aqui na Terra, apenas faça o que sempre fez neste curto espaço de tempo que aqui passou, 99 anos de pura bondade.



Deus, sei que neste plano sagrado todos estão em festa com a chegada desta guerreira maior, desta guerreira nordestina, lutadora e que jamais reclamou da vida, principalmente Papai, Zuca, Titia, Odílio, Ti Né, Tio Antônio Miguel, Padim Miguel, Seu Manoel Balbino, Seu Zeca e Dona Maria, Dona Tudinha e muitas centenas e centenas de amigos e afilhados, esta sim é uma estrela da maior grandeza.



QUE O SENHOR ESCUTE OS SEUS PEDIDOS.

Aqui ficamos muito triste, mas faz parte do ciclo de cada filho de Deus.



Iderval Reginaldo Tenório ,

um dos filhos que agradece a Deus a chance de ser descendente de Jose Miguel da Silva e Antonia Reginaldo da Silva.