sexta-feira, 16 de março de 2012

RABEQUEIROS DO CARIRI NO II CEARÁ DAS RABECAS


















Di Freitas e a Orquestra Armorial do Cariri, o jovem rabequeiro Beto Lemos e o luthier juazeirense Aldo Marcozzi Macedo representarão o Cariri na programação do II Ceará das Rabecas que acontecerá nos dias 17, 18 e 19 de março no SESC SENAC Iracema, em Fortaleza. 
O evento sob a curadoria do professor e pesquisador, Gilmar de Carvalho, terá apresentações de mestre da rabeca de diversas regiões do Ceará, além de oficinas, workshops e exposições. Toda a programação é gratuita. Informações e inscrições no site www.cearadasrabecas.com.br. A realização é da Mungango Produções. Mais informações: (85) 3032 3333.

MESTRE ALDO
Professor da Universidade Regional do Cariri (URCA) e da Faculdade Leão Sampaio, formado em Engenharia  Mecânica com especialização em Segurança do Trabalho, Aldo Marcozzi, desde a infância, demonstrava sinais do que se tornaria quando adulto. Confeccionava seus próprios brinquedos e de seus irmãos, mostrando aptidão para a Marcenaria e Carpintaria. No entanto, sua passagem pela banda do colégio (na qual tocou trompete), despertou o interesse pela boa música.
         De gosto musical eclético, que vai de Luiz Gonzaga a Pink Floyd, passando por Quinteto Violado, Banda de Pau e Corda, Quinteto Armorial e Beatles, Aldo influenciou seus três filhos – Eduardo Macedo (cordelista), Artur Menezes (músico) e Pedro Grangeiro (publicitário) – e por estes foi influenciado. “Lembro-me de quando eu era criança e o papai colocava na vitrola discos de música erudita e me ensinava a identificar cada instrumento: oboé, clarineta, violino…” (Artur Menezes).
         Unindo a sua experiência e talento na produção de móveis e artesanatos (marchetaria), Aldo decide aventurar-se na produção de instrumentos musicais. Nasce o Aldo Marcozzi luthier. Primeiro foi uma guitarra, em seguida uma rabeca para o seu filho mais velho, Eduardo, que afirma: “a rabeca ficou tão boa, que alguns amigos rabequeiros no mesmo instante quiseram encomendar algumas. O trabalho do papai não é só qualidade, é obra prima, feita com exclusividade e muito carinho”.
         E assim Aldo segue, entre uma aula e outra, uma inspeção de segurança em caldeira e uma viagem para visitar seus netos em Fortaleza, construindo instrumentos musicais que primam pela técnica e perfeição.

Um comentário:

ANTONIO LUIZ MACÊDO disse...

MESTRE ALDO - ENGENHEIRO -
DA MAIOR CAPACIDADE,
PASSA A SER O RABEQUEIRO,
REFERÊNCIA DA CIDADE.

ALMacêdo